Retomada nas vendas dos Planos de Saúde é lenta porém constante, em 2019.

Atualizado: Abr 4



Instituto aponta que apesar de não haver uma clara tendência de recuperação, a expectativa é positiva

O total de beneficiários de planos de saúde médico-hospitalar cresceu 0,2% nos 12 meses encerrados em outubro de 2019. Apesar de não ser um avanço muito expressivo, o resultado é importante e representa 71,2 mil novos vínculos firmados no período. No total, o setor conta com 47,3 milhões de contratos. Os números constam na Nota de Acompanhamento de Beneficiários (NAB), do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS).

José Cechin, superintendente executivo do IESS, pondera que ainda não há uma tendência clara de recuperação, mas a expectativa é positiva. "Ao todo, 12 estados ainda estão apresentando rompimento no total de vínculos com planos de saúde, mas os números da economia nacional indicam um começo de recuperação e perspectivas mais positivas para 2020", comenta. "À medida que o mercado de trabalho voltar a demonstrar resultados positivos, poderemos ter um novo ciclo de contratações de planos médico-hospitalares", prevê.

Minas Gerais foi o Estado que mais impulsionou o resultado entre outubro de 2019 e o mesmo mês do ano passado. Foram 61,7 mil novos vínculos firmados no período, alta de 1,2%. Com o resultado, as Operadoras do Planos de Saúde passam a atender 5,1 milhões de beneficiários no Estado. No outro extremo, o Rio Grande do Sul registrou 57,9 mil vínculos rompidos. Queda de 2,2%. O Estado conta com 2,6 milhões de beneficiários.

A NAB ainda indica que houve crescimento de 0,4% no total de planos coletivos. Foram firmados 159,7 mil novos vínculos com planos coletivos empresariais (+0,5%) e 3,9 mil coletivos por adesão (+0,1%). Já o total de planos individuais caiu 0,6%. O que equivale ao rompimento de 51,3 mil vínculos.

Sobre o IESS

O Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) é uma entidade sem fins lucrativos com o objetivo de promover e realizar estudos sobre saúde suplementar baseados em aspectos conceituais e técnicos que colaboram para a implementação de políticas e para a introdução de melhores práticas. O Instituto busca preparar o Brasil para enfrentar os desafios do financiamento à saúde, como também para aproveitar as imensas oportunidades e avanços no setor em benefício de todos que colaboram com a promoção da saúde e de todos os cidadãos. O IESS é uma referência nacional em estudos de saúde suplementar pela excelência técnica e independência, pela produção de estatísticas, propostas de políticas e a promoção de debates que levem à sustentabilidade da saúde suplementar.

Fonte: CQCS

0 visualização

© 2019. Orgulhosamente criado com Gilberto Miranda     Contato: 81 3626-0646      >>>                  Siga:

  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • YouTube Basic
  • LinkedIn ícone social