24 Seguradoras já estão cobrindo morte pelo Coronavírus

A FENACOR, com extrema satisfação, informa que já chega a 24 o número de seguradoras que se sensibilizaram e aderiram à nossa campanha, afastando a exclusão de pandemias dos contratos de seguros de vida e de pessoas de forma geral. A Federação manifesta o seu reconhecimento e profundo agradecimento a todas essas companhias, destacando ainda o fato de constarem, entre elas, algumas grandes empresas, inclusive de capital aberto – como Bradesco, Porto Seguro e SulAmérica – o que torna bem mais difícil uma decisão desse vulto. Nas últimas horas aderiram as seguradoras Bradesco Vida e Previdência, Capemisa, Omint, Porto Seguro, SulAmerica e Tokio Marine. A Generali do Brasil também paga as indenizações, mas, salutarmente, os seus contratos não preveem exclusão para epidemias e pandemias.

O setor de seguros mostra, assim, maturidade e sensibilidade. De forma geral, o mercado dá demonstração inequívoca da sua preocupação com as pessoas e o bem estar da sociedade e faz o que talvez alguns governantes não estejam fazendo adequadamente, que é dar respostas rápidas e assertivas no sentido de levar tranquilidade, conforto e segurança à população e, principalmente, a certeza de que todos estão amparados.

As 24 empresas que já aderiram ao movimento respondem por mais de 90% da receita de prêmios apurada no ramo Vida. São as seguintes: Bradesco Vida e Previdência, Brasil Seguridade, Caixa, Capemisa, Centauro ON, Chubb, Generali, Icatu, Itaú Seguros, Liberty, MAG, MAPFRE, MetLife, Mitsui Sumitomo, Omint, PASI, Porto Seguro, Previsul, Prudential, SulAmerica, Sura, Tokio Marine, Unimed Seguros e Zurich Santander.

A FENACOR, mais uma vez, conclama as seguradoras que ainda não se posicionaram a assumirem, se possível, esse mesmo compromisso, o quanto antes. Pois, nada vale mais do que a vida, a segurança e o bem estar da população.

O momento é de Responsabilidade, Cooperatividade e Solidariedade!

PROJETO. Nesse contexto, a Federação ressalta ainda a imensa relevância para toda a população brasileira do projeto de lei apresentado pelo deputado federal Lucas Vergílio que inclui os eventos decorrentes de epidemias ou pandemias nas coberturas de seguros de vida.

A Federação espera uma resposta rápida do Congresso Nacional, com a aprovação dessa proposta o quanto antes, dada à urgência dessa questão.  Pois, como o próprio autor desse projeto de lei destacou, as cláusulas que contém tais exclusões estão “na contramão” da principal missão que cabe ao mercado de seguros, na proteção das pessoas em todos os momentos, e de forma a comprovar o quanto o nosso mercado é relevante como pilar do processo de desenvolvimento do País.

Fonte: FENACOR

0 visualização

© 2019. Orgulhosamente criado com Gilberto Miranda     Contato: 81 3626-0646      >>>                  Siga:

  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • YouTube Basic
  • LinkedIn ícone social